novas ideias
construindo caminhos
Nome da ACE
Nome: Assoc Coml de Santos
Site: http://www.acs.org.br
Fundação 22/12/1870
Nome Presidente
Presidente

A Associação Comercial  de Santos (ACS) foi fundada em 22 de dezembro de 1870. O município de Santos foi criado lei provincial no. 1 de 26 de janeiro de 1839, ocupando uma área de 280 km2. A população estimada, em 2014, é de aproximadamente 433.565 habitantes.

A cidade de Santos foi uma das primeiras vilas a surgir no contexto da col√īnia. No decorrer do s√©culo XVIII e XIX ganhou destaque como local de passagem obrigat√≥ria dos navios que seguiam para o sul do continente. Com a explora√ß√£o cafeeira e a abertura da Estrada de Ferro S√£o Paulo Railway (1865-1870), a cidade e seu porto passaram a ser um escoadouro natural do produto.

A ACS foi fundada por empreendedores que decidiram organizar uma entidade para representar os interesses do com√©rcio, em especial do caf√©. √Č a Associa√ß√£o Comercial mais antiga do Estado de S√£o Paulo e a quinta do Brasil.

A Associa√ß√£o Comercial de Santos est√° estruturada em C√Ęmaras Setoriais, que re√ļnem empresas e entidades por atividade. A entidade tem 21 C√Ęmaras Setoriais: Agentes de Carga; Armaz√©ns, Terminais e Cont√™ineres; Assuntos Aduaneiros e Portu√°rios; Bancos, Caf√© Sol√ļvel, Com√©rcio Varejista, Complexo de Soja, Cooperativas de Caf√©, Empresas de Fumiga√ß√£o e Servi√ßos Fitossanit√°rios; Exportadores de A√ß√ļcar, Exportadores de Caf√©, Incorpora√ß√£o e Constru√ß√£o Civil, Institui√ß√Ķes de Ensino, Navega√ß√£o, Operadores Portu√°rios, Petr√≥leo e G√°s; Sa√ļde; Tecnologia da Informa√ß√£o e Comunica√ß√£o; Terminais de Gran√©is L√≠quidos e Transportes - al√©m de uma C√Ęmara Setorial que re√ļne empresas de diversas atividades.

Em 2007, a ACS foi eleita associa√ß√£o Refer√™ncia da Regi√£o Sudeste, pr√™mio oferecido pela Confedera√ß√£o das Associa√ß√Ķes Comerciais do Brasil (CACB). Al√©m disso, tem representa√ß√£o em cerca de 30 entidades vinculadas ao munic√≠pio de Santos, ao Estado de S√£o Paulo, ao governo Federal e a institui√ß√Ķes p√ļblicas ou privadas.