FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo novas ideias
construindo caminhos
FACEP

Encontre sua AC

ACESSO PDO

ACIMG projeta alta entre 1,5% e 2% para o Dia dos Namorados

Notícias 11 de junho de 2019

A terceira data comemorativa mais importante do ano está chegando, o Dia dos Namorados. E com
ela a promessa de vendas. Para que os casais possam comprar os presentes com tranquilidade, o
comércio de Mogi Guaçu ficará aberto até as 20h nas segunda e terça-feira da próxima semana. A
ACIMG projeta que as vendas possam crescer entre 1,5% e 2%.
O tíquete médio de vendas gira em torno de R$200 a R$250, pois com a queda da temperatura, itens
como calçados e roupas de inverno serão mais lembrados.
Para a presidente da ACIMG, Sonia Zanuto, a data surpreendeu positivamente nos dois últimos
anos, apresentando melhores resultados que o Dia das Mães. “Como a data vem nos surpreendendo,
esperamos que haja um crescimento de até 2% em relação ao ano passado. Podemos esperar a troca
de presentes entre a maioria dos casais, incluindo os eternos namorados, que são os casados. O
tíquete médio de compra também será maior do que os valores gastos para presentear as mães. No
caso delas, o valor fica entre R$150 e R$180, já entre os namorados o valor sempre é acima de
R$200”, comenta.
De acordo com pesquisa para a data feita pela Boa Vista SCPC, os presentes serão:30% vestuário
(roupas e calçados) e jantar; 19% show e cinema; 13% perfumaria; 10% joias, bijuterias e relógios;
9% celulares; 8% equipamentos de informática; 7% viagem e 2% flores e chocolates. A pesquisa
feita pela ACIMG com os consumidores de Mogi Guaçu confirma a expectativa de crescimento nas
vendas para roupas e calçados, pois a temperatura caiu e calhou com a data.
A maioria dos entrevistados comprará em loja física, a pesquisa Boa Vista SCPC aponta que 78%
dos entrevistados comprarão em loja física e 22% pela internet. Nas pesquisas feitas com o público
guaçuano, todos os que responderam comprarão em lojas físicas.
O casal Fabiane Oliveira Rodrigues e Fabiano Rodrigues são casados mas continuam se
presenteando, ela pretende dar uma camiseta ou blusa e ele bombons e flores, para manter o
romantismo sempre vivo. “Estamos casados mas não deixamos de nos presentear, nem que for uma
lembrancinha”.
Já Angélica Silva promete dar um calçado para o namorado, que acredita ser algo que o namorado
esteja precisando. “Vou dar um calçado pra ele, a data pede um bom presente”, comenta.

Ações dos lojistas
Ainda segundo a pesquisa Boa Vista SCPC, 41% dos entrevistados comprarão o presente para
satisfazer o desejo do parceiro, 39% pela necessidade do parceiro, 10% por preço, promoção ou
desconto e 10% pela marca ou qualidade.
De olho nas possibilidades, os lojistas estão se reinventando por meio de parceria entre
estabelecimentos, buscando oferecer vantagens para os clientes. Outros trunfos são promoções e
kits.
A empresária Cândida Alvarenga está apostando na divulgação de seus produtos nas redes sociais,
que para ela é um ótimo canal e também em uma bela vitrine. Outra opção utilizada por ela é a
parceria com grupos de lojistas que realizam ações conjuntas e trocam brindes. “Por exemplo eu
dou uma blusinha de brinde, meu vizinho dá um cinto, o outro dá acessórios, assim ao ir a um
estabelecimento para retirar o brinde, o consumidor pode se interessar por algo e acabar realizando
uma compra e meu cafezinho também é infalível sempre tenho algo para ofertar”, pontua.
A gerente Flávia Cavalieri também está divulgando seus produtos nas redes sociais. “A data
coincidiu com a mudança da marca da empresa, então para nós ficou mais interessante, pois é uma

oportunidade para o público saber da mudança. Para atrair este público, vamos apostar em um café
da manhã e também estamos pensando em fazer uma promoção pontual”, comenta.
O empresário Leandro Frigo está apostando em uma promoção oferecida por sua franquia, em que
um consumidor por região, concorrerá a um jantar. “Para participar da promoção é só o casal contar
sua história na rede social da franquia e colocar a hashtag: milli me leva pra jantar para concorrer”,
frisa.
O empresário Carlos Eduardo Ferrari, que trabalha exclusivamente com o segmento masculino,
conta que as namoradas que procuram sua empresa contam com a experiência da equipe que já
conhece os gostos dos clientes. “As clientes chegam e dizem: você sabe o que meu namorado gosta,
o que posso comprar para ele? E sempre sabemos exatamente o que ofertar”, comenta o empresário
que também fez o vídeo ‘Eu Amo Amar Você’, para a data e que está circulando nas redes sociais
de sua empresa.

Parceiros CACB SCPC SEBRAE Certisign