FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo novas ideias
construindo caminhos
FACEP

Encontre sua AC

ACESSO PDO

Antecipação vai ajudar no combate a pandemia

Notícias 22 de maio de 2020

A antecipação do feriado estadual de 9 de Julho, para a segunda-feira, dia 25 de Maio, deve ajudar no combate a pandemia do Covid-19, principalmente ajudar na decisão do Governador João Dória de relaxar a quarentena. “Para o comércio não muda em nada, mas para a população será significativo” disse o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pompeia, Rinaldo José Traskini, ao ratificar a decisão da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), que aprovou em sessão virtual extraordinária na madrugada desta sexta-feira (22) o projeto de lei proposto pelo governo que autoriza a antecipação do feriado de 9 de julho (Revolução Constitucionalista) em todo estado para a próxima segunda-feira (25), com o objetivo de aumentar o isolamento social para conter o avanço do novo coronavírus. “Se os índices melhorarem, isso ajudará a retomada do comércio”, acredita o dirigente. 

O projeto foi aprovado por volta das 3h30 com a maioria de 47 votos favoráveis, e 5 contra. A sanção deve ser publicada em uma edição extraordinária do Diário Oficial neste sábado (23). “A população terá que ser bem disciplinada para que não viaje no feriado e aumentem os focos de contaminação pelo estado”, disse em tom de preocupação ao sugerir para que os pompeianos não viagem e fiquem em casa para ajudarem a melhorar os índices e o Governo Estadual anunciar na semana que vem o relaxamento da quarentena. 

Dentro deste pensamento de melhoria dos índices de comportamento social, na cidade de São Paulo, a Câmara Municipal já havia aprovado o projeto de lei que permitiu a antecipação dos feriados municipais de Corpus Christi (11 de junho) e da Consciência Negra (20 de novembro) para a quarta (20) e quinta-feira (21). Na sexta-feira (22), foi declarado ponto facultativo na cidade. “Tudo isso para que a população colabore, e seja possível o relaxamento da quarentena que beneficiará, principalmente o comércio em geral”, defendeu Rinaldo José Traskini, ao ratificar que a antecipação dos feriados foi mais uma tentativa do governador João Doria e do prefeito Bruno Covas de aumentar o isolamento social antes de decretar medidas mais restritivas como o fechamento total, o chamado "lockdown". 

Embora o governo afirme e o protocolo para o “lockdown” já esteja pronto, ele ainda não foi decretado, e o que está em vigor no estado é a ampliação da quarentena obrigatória que determina abertura apenas de serviços considerados essenciais até 31 de maio. “A situação é grave e delicada”, disse o presidente da associação comercial pompeiana. “São mais de 5 mil mortes pelo novo coronavírus e mais de 73 mil casos confirmados, o que mostra que a doença avança de forma acelerada para o interior e litoral”, refletiu Rinaldo José Traskini que teme medidas mais drásticas por parte do Governo do Estado de São Paulo.

Parceiros CACB SCPC SEBRAE Certisign