Twitter Facebook Instagram
Para acessar sua área PDO, insira os campos abaixo.

Consumidor muda hábito na escolha de presentes

Notícias 10 de junho de 2021

O tesoureiro da Associação Comercial e Industrial de Marília, Manoel Batista de Oliveira, acredita que a pandemia tem feito comerciantes e consumidores a mudarem de hábito, ao se adaptarem a nova realidade. Uma pesquisa realizada pela Behup, a pedido da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), aponta que 15,5% dos consumidores ainda não sabem se irão presentear no próximo sábado, dia 12, quando será celebrado o Dia dos Namorados. “Dos mais de 1,6 mil entrevistados para o levantamento, 32,4% afirmaram que pretendem dar algo, e 36,8% apontaram intenção de comprar roupas, calçados e acessórios”, falou o dirigente ao observar a pesquisa realizada que mostra o novo comportamento do consumidor em que o comerciante precisa se alinhar. “Prevalecem presentes de uso pessoal e de menor valor, pagos à vista, o que é normal para a data”, disse o experiente comerciante na Zona Sul da cidade.

 

De acordo com o dirigente da associação comercial, ao contrário do Dia das Mães, em que além desses presentes, se somam produtos para o lar, como móveis e eletrodomésticos, agora o que tem chamado a atenção este ano é uma maior dispersão da intenção de consumo entre as categorias de presentes. Roupas, calçados e acessórios costumavam ser a opção apontada por 60% a 70% dos entrevistados em levantamentos anteriores. Desta vez, esse tipo de presente divide espaço na preferência do consumidor com itens que nem apareciam em pesquisas pré-pandemia, como são os casos das cestas de café da manhã e delivery de alimentos.

 

Do total dos que pretendem presentear, 17,3% apontaram as cestas de café da manhã como opção e 15,8%, o delivery de alimentos. Essas categorias aparecem na pesquisa logo abaixo de chocolate e bombom (31%), perfumes (27,7%), refeições fora de casa (23,1%) e flores (19,3%), que são presentes tradicionais para a data. “E certamente a grande maioria será pelo comércio eletrônico”, falou ao verificar que as mais de 300 empresas marilienses que participam da plataforma de e-commerce da associação comercial (www.marilia.dakki.com.br) estão se preparando para a data. “A pandemia obrigou o consumidor que teve que adotar um novo modo de vida que o obrigou a repensar os produtos e serviços adquiridos durante as datas festivas”, falou ao ser otimista quanto a expectativa de vendas que, comparado com o ano passado será muito melhor. “Só pelo fato de que em 2020 estivemos fechados”, lembrou.

 

HORÁRIO ALTERNATIVO – Visando a movimentação do comércio em Marília para as vendas relacionadas ao Dia dos Namorados, neste sábado, dia 12, as lojas da cidade estão abertas na sexta-feira, dia 11, até as 21 horas, enquanto que no sábado, no próprio dia 12, o funcionamento será até as 17 horas. “Certamente o movimento será grande em razão de que a baixa temperatura sempre atrai consumidores para as lojas”, falou Manoel Batista de Oliveira que é favorável a abertura do comércio com total atenção para os protocolos de segurança na saúde, com o uso irrestrito de máscara fácil, higienização pessoal e local, além do cuidado com a aglomeração. “Vamos continuar atentos com esses detalhes, pois, o fechamento de lojas é o que de pior pode acontecer para o varejo em geral”, falou preocupado com o fortalecimento da economia.

 

LEGENDA – Manoel Batista de Oliveira, tesoureiro da associação comercial, fala sobre o Dia dos Namorados

LEGENDA/FOTO – ARQUIVO: Manoel 100621

Parceiros

CACB SCPC Certisign CRDC ACCREDITO