FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo novas ideias
construindo caminhos
FACEP

Encontre sua AC

ACESSO PDO

Dívidas no comércio de Bastos atingem R$ 1 milhão

Notícias 17 de abril de 2019

As dívidas acumuladas nos últimos cinco anos entre as lojas da cidade de Bastos atingiram no mês de março a quantia de R$ 1.004.320,47 de acordo com as informações do Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) da Associação Comercial e Industrial (ACI) de Bastos, diante do monitoramento que entidade faz mensalmente dos débitos existentes na cidade. “Um valor exagerado para o porte do nosso comércio”, lamentou o presidente da associação comercial bastense, José Claudio Caldeira, ao tomar conhecimento do levantamento realizado pelo departamento da entidade. “Um dinheiro que poderia estar circulando entre as lojas da cidade, mas que infelizmente está parado”, disse em tom de preocupação, diante dos R$ 975.457,06 de débitos registrados no mês de fevereiro deste ano. “É preciso tomar muito cuidado com o crediário”, alertou o dirigente bastense.

De acordo com o presidente da associação comercial local esse valor acumulado se referem as 1.869 dívidas registradas no sistema da entidade, dos 1.806 devedores que estão na lista do SCPC da Acib com restrição cadastral em todo o território nacional. “Uma vez devendo para uma das lojas de Bastos, o consumidor fica com o CPF restrito a qualquer crediário no Brasil”, falou o presidente da associação comercial ao dizer que o sistema é nacionalizado. “Dai a importância de registrar os devedores no sistema como forma de punição por não ter quitado a dívida”, comentou ao lembrar de que grande parte quando começa a ter restrição cadastral seja nas lojas ou no sistema financeiro, procura quitar os débitos.

O presidente da Acib lamenta o fato do valor ultrapassar R$ 1 milhão, em virtude de que na prática é muito mais. “O comerciante ficou sem o produto, pagou taxas, impostos e comissões pela mercadoria, além de investir dinheiro na compra do produto para vender”, explicou. “Quando ele vende e não recebe, não é só o lucro que se vai”, disse. “O fato de ficar sem o produto enfraquece a loja que se não tomar cuidado pode ficar em situação delicada e ter que dispensar funcionários, faltar produto e acaba fechando”, disse em tom de preocupação ao fazer o alerta para que se tome muito cuidado com a inadimplência, que quebra muitas lojas sem que o dono perceba de imediato.

Outra questão apresentada pelo presidente da associação comercial sobre a inadimplência, é o fato de que a loja deixa de investir internamente na contratação de pessoal, na melhora na qualidade do produto e até mesmo no pagamento de impostos, que ajuda na qualidade de vida da comunidade. “É uma cadeia que é fortalecida com a venda e enfraquecida com a inadimplência”, disse o dirigente ao fazer o alerta e sugerir aos comerciantes em geral que consultem o SCPC da Acib antes de abrir o crediário para qualquer cliente. “E registre a dívida para evitar que outros comerciantes sejam prejudicados”, falou ao mostrar a importância de se consultar, registrar e ter muito cuidado ao liberar o crédito para consumidores suspeitos. “Quanto mais informações a loja tiver do cliente, menor é o risco de perder o dinheiro e o produto”, falou.

LEGENDA – Crediário nas lojas de Bastos merecem todo cuidado, diz presidente da associação comercial

Eficaz Comunicação Empresarial Ltda – ME
Telefone:(14) 98137.7189 (Vivo)
E-mails: redacao@eficaz.jor.br ou atendimento@eficaz.jor.br
Site: www.eficaz.jor.br - Twitter: marciocmedeiros
Linkedin: https://www.linkedin.com/in/márcio-c-medeiros-69097820/
www.facebook.com/EficazComunicacaoEmpresarial
Skype: marciomedeiros8020
Instagram: marcio.c.medeiros

Parceiros CACB SCPC SEBRAE Certisign