FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo novas ideias
construindo caminhos
FACEP

Encontre sua AC

ACESSO PDO

ACMC assina Carta Aberta contra o pedágio na Mogi-Dutra

Notícias 02 de dezembro de 2019

A ACMC – Associação Comercial de Mogi das Cruzes é uma das entidades da cidade a assinar a Carta Aberta de Mogi das Cruzes contra a implantação de uma praça de pedágio no km 45 da Rodovia Mogi-Dutra. O documento direcionado ao governador João Doria expõe a contrariedade dos mogianos à proposta e tem a adesão de representantes de 40 associações da cidade.

Iniciativa liderada pelo deputado federal Marco Bertaiolli, ex-presidente da ACMC, a Carta Aberta de Mogi das Cruzes tem o apoio de políticos (vereadores e deputados) e algumas das principais entidades de classe da cidade. As assinaturas foram angariadas em evento na última sexta-feira (29/11), na sede da Câmara Municipal.

“É importante a união de políticos, entidades de classe dos principais setores econômicos e associações que representam a população para impedir que essa proposta avance. Temos de demonstrar que Mogi das Cruzes é contrária ao pedágio e que está unida para impedir que ele seja implantado”, destacou o diretor Mohamad Issa, que representou a ACMC na reunião.

Uma das mais antigas e respeitadas entidades da cidade, a ACMC também participa do movimento Pedágio Não! e alerta para os prejuízos que a implantação de um pedágio trará. Além da segregação da cidade e do aumento de custos dos produtos, a direção da Associação Comercial teme o deslocamento dos investidores para cidades vizinhas, como Arujá, que faz divisa com Mogi justamente pela Rodovia Mogi-Dutra.

“O pedágio no local proposto pode gerar uma migração de estudantes para escolas de Arujá porque o deslocamento será mais fácil. O mesmo pode acontecer com o comércio e outros investimentos”, alerta o vice-presidente José David Abílio.

 

Parceiros CACB SCPC SEBRAE Certisign