FACESP - Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo novas ideias
construindo caminhos
FACEP

Comércio de SP fecha dezembro com alta de 2,6% nas vendas, calcula Associação Comercial de SP

Notícias 02 de janeiro de 2019

São Paulo, 2 de janeiro de 2019. O comércio da capital paulista encerra dezembro com crescimento médio de 2,6% no movimento de vendas (à vista e a prazo) na comparação com igual mês de 2017, de acordo com o Balanço de Vendas da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

As transações a prazo (3,1%) superaram as vendas à vista (2,1%) em dezembro. “O aquecimento das vendas de ventilador e ar-condicionado, que são bens duráveis com vendas a prazo, ilustra bem esse cenário”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), que comentou também a falta desses itens nas lojas devido ao aumento da procura.

Já para o sistema à vista, Burti aponta para a alta das vendas de produtos ligados à estação, como os da moda praia. “De um modo geral, na comparação entre anos, o período foi beneficiado pelos juros baixos e pela injeção de recursos do 13º salário”, explica.

Variação mensal

Em relação a novembro deste ano, as vendas em dezembro alcançaram 27,8%, percentual que está dentro da média dos últimos três anos (28%). Segundo Burti, o sistema a prazo registrou alta de 0,7%, devido a Black Friday. “A Black Friday aqueceu as vendas de novembro, agindo como se fosse uma liquidação antes do Natal e tirando um pouco das vendas desta data comemorativa”.

Para ele, a alta do dólar em dezembro foi outro aspecto que enfraqueceu a venda de itens importados, como os eletrônicos.

A elevação das vendas à vista (54,9%) aponta para a melhora do poder aquisitivo dos consumidores. “O ano termina bem para os lojistas que venderam produtos de menor valor”, diz Burti. 

Acumulado

No acumulado de 2018, o varejo paulistano registrou alta média de 2,2%, sendo crescimento de 5,9% nas vendas a prazo e queda de 1,5% nas vendas à vista. “Mesmo diante de um ano atribulado para o comércio – como a paralisação dos caminhoneiros, saída do Brasil da Copa do Mundo, incerteza nas eleições e clima instável na capital paulista – conseguimos fechar o ano com um resultado melhor do que 2017, que foi de 1,1%”, analisa Burti.

De acordo com ele, o índice aponta para uma tendência de recuperação, que pode ser potencializado com o aumento da confiança dos consumidores e empresários e, assim, alavancar a atividade econômica do País em 2019.

O Balanço de Vendas é elaborado pelo Instituto de Economia da ACSP com base em amostra da Boa Vista Serviços. 

 

 

 

 

 

 

Mais informações:
Patrícia Gomes Baptista
Assessoria de Imprensa
pgbaptista@acsp.com.br
(11) 3180-3220 / plantão (11) 97497-0287

 

Sobre a ACSP: A Associação Comercial de São Paulo (ACSP), em seus 124 anos de história, é considerada a voz do empreendedor paulistano. A instituição atua diretamente na defesa da livre iniciativa e, ao longo de sua trajetória, esteve sempre ao lado da pequena e média empresa e dos profissionais liberais, contribuindo para o desenvolvimento do comércio, da indústria e da prestação de serviços. Além do seu prédio central, a ACSP dispõe de 15 Sedes Distritais, que mantêm os associados informados sobre assuntos do seu interesse, promovem palestras e buscam soluções para os problemas de cada região.

Parceiros CACB Rede Verde Amarela SCPC SEBRAE Certisign